Site

Categorias:none

Da aula de Proxy

  • Começa digitando acl (porque tem que ter para informar o que é uma regra do squid)
  • depois coloca o nome da acl depois o que vai ser feito ( bloquear todo mundo (src (destino) da regra, ou o tipo bloqueio, por ip ou host ou por url)
  • se for para url tem que por url_regex -i (o -i e para ele identificar tanto maiúsculo quanto minúsculo)
  • se tiver uma lista você tem que colocar entre aspas dupla o caminho
  • depois você coloca o http_access ( uma ação destinada ao http)
  • aí você coloca se bloqueia ( deny) ou liberar (allow)
  • e coloca o nome da acl

 

____________________
____________________

http_port 3128
visible_hostname proxy_nome

#Liberando acesso total
acl libera_geral src all
http_acess allow libera_geral

#Bloqueando site (UOL) por hostname
acl bloquear_uol dstmain http://www.uol.com.br
http_access deny bloquear_uol

#Assis City (POR IP)
acl bloquear_assiscity dst 97.74.26.1
http_access deny bloquear_assiscity

#Youtube (-i mausculo/minusculo )
acl bloquear_youtube url regex -i youtube
http_access deny bloquear_youtube

#Bloquear com lista de palavras ou site
acl bloquear_list url regex -i “/etc/squid3/bloquear_site”
http_access deny bloquear_list

#Liberar um lista de site
acl liberados url_regex -i “/etc/squid3/liberados”
http_access allow liberados

#Para horario
acl jantar time 20:46-20:48
http_access deny jantar

#Sincronizado
acl jantar time 19:59-20:48
acl liberados url_regex -i “/etc/squid3/liberados”
http_access allow liberados jantar
http_access deny all

#Bloquear extensões
acl ext_bloq url_regex \.exe \.pdf \.com \.vmdk \.ppt
http_access deny ext_bloq
____________________
____________________

baixar apche2-utils
criando um usuario para ser autenticado no squid
htpasswd /etc/squid3/squid_passwd user

____________________
____________________

REGRA NO SQUID PARA CHAMAR A AUTENTICAÇÃO

http_port 3128
visible_hostname proxy_fofa

auth_param basic realm squid
auth_param basic program /usr/lib/squid3/ncsa_auth /et$ /etc/squid3/squid_passwd

acl autenticado proxy_auth REQUISED
acl acesso url_regex -i “/etc/squid3/liberados”
http_acces allow autenticados

Categorias:none

Shadow 600 Avatar

Imagem para avatar (:

shadow_600vlxZ1.jpg

Categorias:none

Redes2_DHCP

who = quem está conectado ao servidor
who | more = dividir a tela em bloco em caso de muitos usuários

adduser = adicionar usuario
pwd = pasta home do usuario

ls -l = lista em forma de lista longa
ls -s = Mostra o tamanho alocado para cada arquivo, em blocos
ls -a = mostra tudo

etc/apt/sources.list
apt-get install
apt-get update
apt-cdrom add
s = remoto
y = local
sshd_config = arquivo de configuração do ssh

DHCP DISCOVER, DHCP OFFER, DHCP REQUEST, DHCP REPONSE ACK

default-lease-time 600  (tempo que servidor DHCP percorre a rede para verificar se há ips disponiveis)
max-lease-time 7200;    (renova o ip da maquina conectada a cada 7200 segundos (milissegundos?))
authoritative;   (transforma o servidor em autorativo na rede, distribuidor de ips para a rede)
log-facility local7;  (armazena logs de distribuicao de ips na rede)
subnet (subrede)  192.168.0.0 netmask 255.255.255.0 {
range 192.168.0.16 (ate) 192.168.0.25; (enderecos distribuidos na rede, do ip 1 ao 16 eu posso colocar para gateway, rede sem fio, pc especifico)
option routers 192.168.0.1;
options broadcast-adress 192.168.0.255;
}

service gdm3 stop (TEM QUE ESTAR COM SUPER)

(ponto de distribuicao do dhcp para os clientes)

ifconfig eth0(:1 se quizer) 192.168.0.12 netmask 255.255.255.255
REINICIAR SERVIÇOS
service networking restart
service isc-dhcp-server restart
service ssh restart
service bind9 restart

CONFIGURAR INTERFACE PELAS CONFIG
auto eth0
iface eth0 inet static
address 192.168.1.1
netmask 255.255.255.0
broadcast 192.168.1.255

Categorias:none

Redes_DHCP

TTY  (local)

TTS  (remoto)

#root

#adduser

(o login é user e o pass é user 123)
(criar um usuario com seu nome, senha user123)

terminal 1:
#who
(quem está conectado ao meu sistema)
#who /more  (ou /less)

(apostila guia foca ou focalinux serve como base de estudo)

(  ~ indica o diretorio home do usuário.   cd ~   volta para o diretorio home)

#pwd
mostra o diretório corrente
/home/user

#useradd (nome do usuario)

#passwd (“nome de usuario” + “senha”)  altera a senha para o usuario

( #reboot reinicia o sistema )
(  #exit  faz o logout do sistema )

#ls   (lista o que tem no diretório)

#cd /etc/

#ls -l

#cd network   (não é mais necessário o  /  pois já está no diretório

#cat interfaces   (mostra o que tem dentro do arquivo)
#tac interfaces  (mostra o que tem dentro, a partir da ultima linha)

#vi
#vim
#nano
#pico
#emacs

editores de texto

#nano interfaces

#top  (mostra os processos em ordem de uso de)

#ps -aux  (mostra os processos que estao sendo executados ou carregados)

#su  (super usuario.  no Ubuntu, há o #sudo su)

#history

#history  -c  (limpar o histórico)

#ifconfig  (mostra as interfaces ativas)

#ifconfig -a  (retorna todas as interfaces, ativas ou não)

#ifconfig eth0 (eth0 é o nome da interface ativa) 192.168.0.1 (endereço ip) netmask 255.255.255.0

#ifconfig eth0

#nano /etc/network/interfaces

#interfaces

Caminho do source.list

nano (editor de texto)
nano /etc/apt/sources.list

/etc/apt/sources.list
apt-get install “openssh-server”
apt-get update
apt-get cdrom add

daemon = “d”  (processo executado em segundo plano, não interage com o usuário, mas mantém o servidor funcionando)

ssh_config
#listenaddress (define o ip que, no servidor, terá a possibilidade de acessar remotamente)

Categorias:none

CB 300 vai ser substituida em 2016 – revista duas rodas

Uma nota da revista Duas Rodas sobre a possivel substituição da CB 300

cb300substituida

Categorias:none

Teste Ninja 300 vs CB 300 vs Fazer 250

Imagem explicativa do porque comparar motocicletas com preços diferentes.

cb300_ninja300_fazer250

Categorias:none